04
Abr 06
publicado por brmf, às 10:04link do post | comentar

O governo de Sócrates merece uma avaliação positiva da minha parte.

 

Desde que tenho consciência política, este é o governo mais reformista que tive ocasião de presenciar. Do governo de Cavaco não tenho grande consciência, apesar de simpatizar com o estilo da pessoa. Não sei porquê, mas na política, sempre gostei de personalidades decididas, por vezes, até parecendo um pouco austeras e autoritárias. Apesar de Cavaco ter contribuído para a fase de crescimento mais intensivo de Portugal, é bom não esquecer que governou num período mais favorável que o actual e cometeu pelo menos um "pecado". A dimensão da Função Pública é em grande parte culpa sua e do seu governo. Tal como referiu Miguel Cadilhe (e sabe do que fala pois esteve presente como seu ministro), nesse período verificou-se um crescimento abismal no número de pessoas dependentes profissionalmente do Estado. E aí Cavaco teve culpa. Muitos dos problemas que hoje vivemos vêm desse tempo, claro que, com o contributo indispensável do Eng.º Guterres que não se furtou a aumentar a máquina do Estado.

 

Acusam Sócrates de fazer mais propagada do que política. Não concordo, ou melhor, não concordo com as conclusões daí retiradas. Propagandear "boas" medidas não me parece mal, parecia-me mal era propagandear "más" medidas e tenho que concordar que muitas delas são boas. É mais fácil tomar medidas difíceis e impopulares num clima favorável. Criar esse clima favorável não me parece mal, muito pelo contrário.

 

Claro que não concordo com tudo que até aqui foi feito. Por exemplo, o comportamento do MNE Freitas do Amaral e governo em geral no caso dos cartoons; discordo também da lei da paridade entretanto aprovada (acerca deste assunto escrevi este post); e em muitas outras coisas. É impossível concordar com tudo mas a verdade é que este governo tem-se posicionado num campo político que deveria ter sido ocupado pelos partidos de Centro Direita - PSD e CDS-PP - e não foi. Esta é a verdade.

 

A realidade é que se reparar-mos bem, a maior parte das críticas, apontadas a este governo, relacionam-se mais com a forma (chamam-lhe propaganda) do que com o conteúdo das medidas tomadas ou anunciadas.

 

Este governo tem dado sinais positivos ao nível da reforma da Administração Pública, da reforma da Educação, tem existido uma tentativa clara de relançamento da Economia, etc. Esperam-se agora que tome medidas reformistas noutros sectores. Mas que vai no bom caminho, lá isso vai! 

 

*um ano e cerca de duas semanas

Secções:

Obrigada por me avisares sobre o jogo da CL. :p

Sócrates parece que é o mal menor. ainda por cima se tivermos em conta a oposição...

abraço
Elise a 4 de Abril de 2006 às 12:12

O Executivo do PS tem realizado um trabalho aceitável. Não obstante algumas medidas impopulares que se reflectem em termos imediatos no poder de compra dos portugueses, não se afiguram grandes críticas e quanto às críticas gratuitas evito até fazer referência.
É uma equipa ministerial que pretende modernizar o país para o aproximar dos parceiros europeus cada vez mais num nível superior de modernidade.
Para além disto, está a lançar mão de um programa de desburocratização que ao que tudo indica irá trazer uma agilização de procedimentos e maior rapidez em execução do mais variado tipo de tarefas.
A estabilidade da composição governamental é também imagem de marca. E esta era uma característica que na governação laranja não se preservava.
Mesmo sendo um governo de um partido que não é o meu, o trabalho tem um rumo e uma orientação posítiva para o país. Se existissem eleições neste momento, a opção mais indicada seria a continuidade. A crise vem de longe e o combate a esta situação terá de ser no sentido trilhado agora. Vai demorar, vai implicar sacríficios para os cidadãos, mas tendencialmente inverter-se-á a trajéctória de declinação vivida.
A eleição de um Chefe de Estado com o perfil de Cavaco Silva será igualmente determinante para a viragem.
Modernização, desburocratização, sacrifícios fiscais é certo também, combate à evasão fiscal, progresso tecnológico, redução de unidades hospitalares e de escolas ineficientes são o caminho a seguir.

Todavia, este é um comentário ao momento actual, salvaguardando desta forma eventuais erros futuros que a seu tempo serão abordados.

Tendo orientação política na linha do titular do blog, partilho da opinião veiculada no texto publicado...
jaimepedrosa a 4 de Abril de 2006 às 18:12

Cara Elise,

Agradecimento? Não tem de quê. Vê lá se amanhã republicas o post que eu gosto de ver muitos benfiquistas, nem que seja só por um dia :)

Abraço.


Meu caro amigo Jaime,

Estou surpreendido com a sua capacidade de escriba :)

abraço.


brmf a 4 de Abril de 2006 às 18:26

o docontra e eu
Sempre a par
pesquisar neste blog
 
Abril 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15

16
22

25
29



comentários recentes
Meus amigos lá é uma nova maneira de se tornar mui...
Nós somos um fornecedor de empréstimos de dinheiro...
Grave um depoimento dinheiro pronto quando bancos ...
Twitter
links
Twingly BlogRank