12
Jan 07
publicado por brmf, às 11:57link do post | comentar
Excelente filme este. O melhor filme que vi este ano; viu-o em 2007, foi o primeiro que vi.

Seguindo o estilo característico do realizador: contar histórias diferentes, em locais diferentes, e em momentos diferentes a partir de um facto que desencadeia - e este facto é o que menos interessa no filme – uma série de histórias. É um estilo, mas também uma fórmula. Uma fórmula de sucesso – o realizador deve ser capitalista. Um filme que atravessa diversas culturas. As histórias dentro da história desencadeiam-se em sítios tão diferentes quanto o México, Marrocos, Japão e EUA. Um filme de contrastes - contrastes culturais -, mas também de muitas semelhanças. Este filme mostra que por muito que o Homem se tente afastar, existem coisas inseparáveis por natureza. Os sentimentos atravessam culturas, podemos exprimi-los de forma diferente, mas, no fundo no fundo, são iguais em todo o lado. O sofrimento, o desespero, a alegria, o amor,…, são sentimentos comuns a todas a culturas.

É verdade, não ficava de bem com a minha consciência se não o dissesse, o Brad Pitt tem pinta. A japonesinha do filme também; e trabalha bem que se farta.

Aconselho uma visita ao cinema e a visita a este link (belo blog sobre cinema).
Secções:

o docontra e eu
Sempre a par
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
16
18
19
20

21
22
23
24
26
27

28


comentários recentes
<br />O grupo Maria Isco fornece ajuda para ...
Meus amigos lá é uma nova maneira de se tornar mui...
Nós somos um fornecedor de empréstimos de dinheiro...
Twitter
links
Twingly BlogRank