31
Jul 08
publicado por brmf, às 09:58link do post | comentar

O Estado tem muitas formas de financiar projectos de diminuição da pobreza. Umas das mais comuns em sociedades assistencialistas é financiar directamente os pobres, atribuindo-lhes subsídios. Em Portugal, o Rendimento Social de Inserção (RSI) é o caso mais flagrante. Isto origina o problema de, em muitos casos, o Estado financiar a preguiça e desincentivar o trabalho, o esforço e o mérito. Mas existem outras formas de financiar a diminuição da pobreza, por exemplo, o incentivo à criação de emprego através de financiamento estatal, como é este caso. O Estado ao financiar a criação de emprego está a diminuir a pobreza e a incentivar o trabalho, o esforço e o mérito em simultâneo. Sendo um liberal, preferia que o mercado por si só bastasse. Já que assim não é, aplaudo iniciativas deste tipo. E o meu aplauso não tem que ver com os objectivos apresentados pelo governo - permitir que cada criança do ensino básico tenha um computador; tem a ver com o resultado indirecto - criação de emprego.


o docontra e eu
Sempre a par
pesquisar neste blog
 
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
15
19

20
21
23
26

27
30


comentários recentes
<br />O grupo Maria Isco fornece ajuda para ...
Meus amigos lá é uma nova maneira de se tornar mui...
Nós somos um fornecedor de empréstimos de dinheiro...
Twitter
links
Twingly BlogRank