02
Jul 09
publicado por brmf, às 11:01link do post | comentar

Não gosto da personagem Bruno Carvalho e nunca terá o meu voto, mas tem razão numa coisa: o que despoletou todo este imbróglio jurídico do acto eleitoral na mais democrática instituição do País - o Benfica, pois claro - foi a demissão em bloco dos órgãos sociais do Benfica com vista a antecipar as eleições com o único objectivo de beneficiar o actual presidente, aliás, facto claramente assumido pelo actual presidente da Assembleia Geral do clube. Tudo isto é lamentável, mas é bom não esquecer o primeiro dos culpados. Tal como disse Bagão Félix, tratou-se de um "golpe estatutário" à data dos factos. A acção movida agora por Bruno Carvalho é só mais um “golpe palaciano” de assalto ao poder no Benfica - eu entendo que ser Presidente do Benfica nem que seja por dia deve remexer os miolos de qualquer ser humano normal!
Chegados a este ponto, o Manuel Vilarinho, Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Glorioso, se for um homenzinho, só tem uma solução: adiar as eleições. É a única solução que recupera a dignidade da instituição. É a única solução que repõe a democraticidade no clube. Temos de fazer jus aos pergaminhos de maior Instituição democrática do País. Não podemos mandar às malvas as decisões judiciais nem os estatutos do Clube, nem podemos permitir que um sujeito que não representa a maioria de vontade do clube seja eleito Presidente.


o docontra e eu
Sempre a par
pesquisar neste blog
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
15
16
17
18

19
21
22
23
25

26
27
28
29
30


comentários recentes
Meus amigos lá é uma nova maneira de se tornar mui...
Nós somos um fornecedor de empréstimos de dinheiro...
Grave um depoimento dinheiro pronto quando bancos ...
Twitter
links
Twingly BlogRank