16
Mai 12
publicado por brmf, às 13:25link do post | comentar

Tenho lido muitas críticas ao programa de Anthony Bourdain, No Reservations, em Lisboa. A maioria das críticas é porque Bourdain não retratou, segundo estes, o melhor de Lisboa, como se Bourdain habitualmente fizesse esse frete às cidades retratadas. Ou tenho muito azar nos programas que vejo, que não são todos, ou o que encontro é mais ou menos o que vi no programa sobre Lisboa. A cidade da forma como os locais a vêm, de forma exagerada, que é a imagem de marca do programa. No Reservations não é um guia turístico. É um programa de gastronomia com pessoas. Aliás, a gastronomia é o pretexto para falar com e de pessoas. As pessoas falam de crise. Não queriam que mostrassem o que aflige as pessoas? Paciência. As pessoas usam camisolas do Benfica no seu dia-a-dia, qual é o problema? É mentira?

Se há crítica que se pode fazer ao programa, e aqui acho que foi um pouco contra a ideia original do mesmo, foi algum foco excessivo nos chefs da moda. Do que tenho visto nos outros programas não é muito habitual. Não sendo de Lisboa e conhecendo-a mal, acho que existem locais de comida – No Reservations não é sobre restaurantes – mais característicos e que faziam mais justiça ao programa e à cidade.


o docontra e eu
Sempre a par
pesquisar neste blog
 
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
17
18
19

20
21
22
24
25
26

27
28
29
30
31


comentários recentes
<br />O grupo Maria Isco fornece ajuda para ...
Meus amigos lá é uma nova maneira de se tornar mui...
Nós somos um fornecedor de empréstimos de dinheiro...
Twitter
links
Twingly BlogRank