03
Jul 08
publicado por brmf, às 18:27link do post | comentar

Gente foi horrível.pt

Secções:

publicado por brmf, às 16:10link do post | comentar

Achamos normal, até desejável, que se tomem medidas para agradar aos cidadãos, mas o que não percebemos é porque razão se faz uma redução com dinheiro alheio” - afirmou Fernando Ruas.


Dinheiro alheio ou dinheiro dos contribuintes? Não me parece que os contribuintes venham a reclamar da redução dos limites máximos do IMI (este imposto aumentou 15% no último ano!!!). Se isto fosse um país a sério, seriam as autarquias a cobrar o imposto. E aí, estes discursos, daqueles que estão habituados a esbanjar o dinheiro que não cobram, talvez fossem diferentes.
 

(Publicado simultaneamente no IM)

Secções: ,

publicado por brmf, às 14:42link do post | comentar

Resumindo as entrevistas de Sócrates e Manuela Ferreira Leite: faz muito mais sentido votar num partido de Esquerda que defenda políticas de Esquerda do que votar num partido de Direita que continue a defender políticas de Esquerda; ou vice-versa. Por isso escolho Sócrates.

Secções:

publicado por brmf, às 12:34link do post | comentar

A EDP quer meter a mão nos bolsos do consumidor. Quer colocar os clientes cumpridores a pagar as dívidas dos incumpridores. Levando a risca esta linha de orientação, já decidi que da próxima vez que for jantar não vou pagar a conta. Quem vier a seguir que pague. É o chamado pagamento solidário. 

 

Quando acaba esta pouca vergonha? Mesmo que não vá avante esta intenção, a proposta por si só é vergonhosa. Num mercado concorrencial mudava de fornecedor de electricidade, como não o é, deixem-me desabafar e sugerir aos leitores deste blogue que entrem na discussão pública desta proposta. É que ao que parece a entidade reguladora do sector deu-se ao trabalho de fazer uma consulta pública em vez de recusar liminarmente qualquer tentativa neste sentido; num País a sério isto nunca aconteceria.

 

Recebi por e-mail um texto tipo para recusar a proposta perante a entidade reguladora. O e-mail é o que se segue abaixo e deve ser enviado para o seguinte destinatário: consultapublica@erse.pt. Eu sei que isto não devia ser necessário, mas é o país que temos. Só vejo uma solução: emigrar. Mudar o país parece-me difícil, perdoem-me o pessimismo.

 

" Exmos. Senhores,

Pelo presente e na qualidade de cidadão e de cliente da EDP, num Estado que se pretende de Direito, venho manifestar e comunicar a V. Exas. a minha discordância, oposição e mesmo indignação relativamente à "proposta" – que considero absolutamente ilegal e inconstitucional – de colocar os cidadãos cumpridores e regulares pagadores a terem que suportar também o valor das dívidas para com a EDP por parte dos incumpridores.

Com os melhores cumprimentos,
XXXXX "

 


o docontra e eu
Sempre a par
pesquisar neste blog
 
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
15
19

20
21
23
26

27
30


comentários recentes
Conheça o Treinamento Força Online do Weriques Gug...
Mettiamo a vostra disposizione un prestito da 1000...
<br />O grupo Maria Isco fornece ajuda para ...
links
subscrever feeds