27
Fev 09
publicado por brmf, às 17:25link do post | comentar | ver comentários (3)

Deixem-se de tretas e ganhem. Não há meias medidas, ou ganham ou enterram quaisquer possibilidades de serem campeões.Vamos lá ser homenzinhos. O salário do Suazo dá para pagar a toda a equipa do Leixões e ainda sobra algum (muito) para ir comer um peixinho grelhado ali junto à doca de Matosinhos.

Secções: ,

publicado por brmf, às 17:22link do post | comentar

Imparidades

Secções: ,

publicado por brmf, às 11:20link do post | comentar | ver comentários (3)

O clube da frutinha e os seus apoiantes são tão céleres a acusar o Benfica de queixinhas e outras coisas que tais e agora não dizem nada contra a indelicadeza/canalhice do seu clube antecipar o seu jogo contra os lags limitando o tempo de descanso dos Hi5´s?

 

Secções: ,

publicado por brmf, às 10:06link do post | comentar | ver comentários (1)

Obrigado à equipa dos blogs da SAPO pelo destaque dado ao docontra. Faz sempre bem ao ego e às audiências.

Secções:

26
Fev 09
publicado por brmf, às 10:38link do post | comentar | ver comentários (2)

Já que o Estado esbanja o nosso dinheiro, dêmo-lo a quem pode fazer dele melhor uso. Atribua a uma Instituição de Solidariedade 0,5% do seu IRS. Isto não significa que vai ter de pagar mais IRS, mas sim que esse valor em vez de ir para o Estado reverta a favor de uma IPSS à sua escolha.

 

Eu sugiro a ADL (Associação de Apoio aos Doentes com Leucemia e Linfoma), porque faço parte da instituição e porque acho que é uma causa justa, mas o importante é ajudar as IPSS´s sejam elas quais forem. A escolha é dos contribuintes. Atribuam à qual acharem que fará melhor uso da vossa atribuição.

 

Na sua declaração de IRS, preencha o campo 901 do quadro 9 do anexo H com o nº de contribuinte da Associação que pretendem.

 

O nº IPC da ADL é 504036947.

 

Off topic: além de ajudar, eu considero que esta é uma forma de protesto. No dia em que todos os contribuintes o fizerem (hoje só uma ínfima minoria o faz), o Estado passará ter mais respeito pelo dinheiro dos contribuintes.

_____

Publicado também aqui


25
Fev 09
publicado por brmf, às 10:47link do post | comentar | ver comentários (1)

1. Portugal é um país curioso e a justiça portuguesa ainda é mais curiosa. Só um grande país para inventar a figura jurídica de “corrupção activa para prática de acto lícito”. Brilhante.

 

2. Está bem que fica defender os clubes portugueses quando jogam lá fora. Está bem que o Manuel Fernandes Silva gostava de seguir as pisadas do Rui Cerqueira. Está bem isso tudo. Mas, caramba!, não era preciso analisar um lance de futebol, uma, duas, três, quatro vezes e ter uma opinião (correcta ou errada, para o caso não interessa), e depois, após recepção de ordens superiores – qual virgem arrependida -, dizer completamente o inverso do que tinha acabado de ver. E sem repetição. Enfim.

 

*Este blogue está a perder qualidade:). Fui informado que o relatador RTP do jogo At. Madrid - F.C.Porto foi o Manuel Fernandes Silva e não o Hugo Gilberto. Peço desculpas ao visado.  A troca de protagonista não belisca em nada o sentido da frase, mas o seu a seu dono (já corrigido).


23
Fev 09
publicado por brmf, às 10:23link do post | comentar | ver comentários (3)

Os lags já ganharam o seu campeonato. Agora é tempo de nós ganharmos o nosso, aquele a sério. Mas para isso seria bom que o Quique aprendesse umas coisas, p.e., que um ponta-de-lança serve para marcar golos; coisa que o Suazo não faz e que o Cardozo faz muito bem. Adiante. Os lags festejaram o seu campeonato em Fevereiro (não se esqueçam de ganhar para a semana que vem!), nós festejaremos o nosso em Maio.

 

Já que estamos em tempo de Carnaval, cá ficam umas palavrinhas para os adversários daquele clube apreciador de frutinha do país do Carnaval. Quando jogarem contra eles, lembrem-se que convém não passar, nem tão pouco soprar, perto das figurinhas. Eles são muito frágeis e sensíveis e podem cair a qualquer momento.

 

Secções: , ,

publicado por brmf, às 09:30link do post | comentar | ver comentários (2)

Sinceramente, apesar de não conhecer em que moldes será leccionada, não percebo a utilidade da disciplina de educação sexual nas escolas. Se fosse através de seminários de participação opcional, como na faculdade, ainda entendia; mas como uma disciplina a englobar um leque de muitas outras não vejo a sua utilidade. Parece-me útil que se disponibilize o máximo de informação possível aos jovens sobre todas as temáticas que envolvam a sexualidade no estrito âmbito da saúde sexual e da prevenção de comportamentos de risco – perspectiva utilitária. Acho que alguns seminários sobre o tema seriam adequados; caso contrário, o que me parece é que o Estado quer alargar o seu âmbito de actuação: quer “mandar” no mais íntimo e pessoal do ser humano. No meu tempo de estudante do ensino básico – tempo distante! - existia o projecto área escola (em boa verdade não se fazia nada!) que era suposto ser uma “área curricular não disciplinar”. Porque não aproveitar este enquadramento, se é que ainda existe, para fornecer informação aos jovens aos mais variados níveis? A educação sexual seria uma das temáticas entre muitas outras. Isto iria, inclusive, permitir recorrer a formadores externos em certas matérias mais específicas com poupança de recursos de tempo. A escola serve, essencialmente, para fornecer saber disciplinar aos estudantes. Tudo o que vá além disso, regra geral, dá asneira. E o problema da escola pública nos últimos tempos é, a meu ver, essa intenção de transformar a escola numa espécie de substituição da família. Exige-se aos professores que sejam encarregados de educação, o que, como é óbvio, por um lado, não transforma os professores em encarregados de educação, e por outro, fá-los piores professores.

 

As minhas dúvidas em relação à educação sexual nas escolas não têm nada que ver com conservadorismo moral, muito pelo contrário. O que eu não quero é que o Estado venha com a sua moral para cima dos cidadãos.

____

Publicado previamente aqui


20
Fev 09
publicado por brmf, às 15:50link do post | comentar | ver comentários (2)

À sexta-feira escreve-se pouco nos blogues.

 

*soro para as minhas veias. desintoxicação. escrevi "há" em vez de "à" (já corrigido)

Secções:

publicado por brmf, às 15:33link do post | comentar

Os freaks cá do sítio, o Bloco de Esquerda, pretendem que o Estado distribua preservativos gratuitamente nas escolas. Traduzindo por miúdos, isto é assim: o Bloco de Esquerda quer que o Baltazar, punheteiro compulsivo, pague as fodas do Melchior.

Secções: ,

19
Fev 09
publicado por brmf, às 15:13link do post | comentar

Secções:

18
Fev 09
publicado por brmf, às 16:25link do post | comentar

Além de tudo o mais – e não de somenos importância -, resolver as ditas causas fracturantes é esvaziar a agenda de uma certa esquerda no pouco que eles tendem a ter razão.


o docontra e eu
Sempre a par
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
17
21

22
24
28


comentários recentes
Mettiamo a vostra disposizione un prestito da 1000...
<br />O grupo Maria Isco fornece ajuda para ...
Meus amigos lá é uma nova maneira de se tornar mui...
links
subscrever feeds