30
Ago 10
publicado por brmf, às 12:45link do post | comentar | ver comentários (1)

Paulo Portas, no seu discurso de reentre política, propôs a existência de julgamentos sumários para os delinquentes apanhados em flagrante delito, ao que acresceu um referendo para validar a proposta. A pergunta proposta parece que é: “Querem que um delinquente apanhado em flagrante a cometer um crime seja, obrigatoriamente, sujeito a um julgamento rápido, em regra nas 48 horas seguintes?”. Eu pergunto, e por que não: “Querem que quem evidenciar sinais exteriores de riqueza incompatíveis com os seus rendimentos deva ser sujeito a um julgamento rápido, em regra nas 48 horas seguintes?”? Com respostas de “Sim” e “Não”, claro, sem "dependes". É uma caricatura da situação, mas o que se propõe é exactamente isto: uma justiça para pobres e uma justiça para ricos. Uma justiça rápida para “crimes de pobre” e a manutenção de uma justiça lenta para “crimes de rico”.


25
Ago 10
publicado por brmf, às 19:21link do post | comentar

O Roberto não é só um problema na baliza, é também um estorvo na discussão: com ele na baliza até constrange falar dos erros de arbitragem que nos vêm prejudicando.


publicado por brmf, às 00:30link do post | comentar

O Benfica fez os melhores 45 minutos que algum dos Grandes (inclui Braga, exclui Sporting) fez até ao momento nas duas primeiras jornadas do campeonato. Apesar disso, perdeu. Eu sei que o campeonato do ano passado foi um bocado sensaborão, mas, pronto, chega! Já chega de abdicar da posição de GR nos jogos; é que a baliza é grande e uma casualidade pode resultar em golo.

 

Agora mais a sério: o que enerva é que, apesar de algumas vozes que contrariam esta tese, com um GR decente – registe-se: bastava decente – não tínhamos perdido na Madeira e não tínhamos perdido os outros dois jogos oficiais. Não ganharíamos os dois, mas, estou certo, também não perderíamos os dois. Nem que fosse um empate… E a nossa sorte é que, por força das teorias probabilísticas, nem o tudo que passa a linha de fundo do gramado atravessa os cerca de sete metros ao centro.

 

[jornalismo]


publicado por brmf, às 00:20link do post | comentar

1) Cerca de 70% da área ardida da União Europeia é em território português. (p)

2) O território português corresponde a pouco mais de 2% do território da UE.

3) A maioria dos fogos começam à noite e com várias frentes activas. (p)

4) A maioria dos fogos não tem origem criminosa. (p)

5) Os poucos fogos de origem criminosa nada têm a ver com negócios (nem um “porcentozinho” para amostra). (p)


24
Ago 10
publicado por brmf, às 10:28link do post | comentar

Confirma-se: não é para levar a sério.


23
Ago 10
publicado por brmf, às 23:32link do post | comentar

Já lá vai algum tempo desde que tive umas noções jurídicas sobre Contratos na faculdade, mas do pouco que me lembro, uma das premissas da legalidade de um contrato é a boa-fé das partes: Roberto é um negócio leonino.


21
Ago 10
publicado por brmf, às 00:25link do post | comentar | ver comentários (1)

"Vamos ser novamente campeões". Amén.


20
Ago 10
publicado por brmf, às 11:23link do post | comentar

Ai se estava. Façam reset, o gajo é um craque :)


19
Ago 10
publicado por brmf, às 11:33link do post | comentar

Já se conhecia o modus operandi daquela gentalha e “gelatinidade” da sua coluna vertebral, agora confirma-se a sua burrice: façam o favor de evitar que o Glorioso cometa mais um erro nesta preparação da época, que, sejamos sinceros, não está a correr da melhor maneira. Paguem e paguem muito, é o que lhes desejo. Promessas não vêem por empréstimo, compram-se, para garantir o retorno do investimento. Em Madrid, lá em Manzanares, conheço alguns que podiam vir por empréstimo (ou compra), e até já vestiram o manto sagrado. É fácil, srs. Rui Costa, Vieira e Jesus.

Sonho, sonho, era este...e pode vir por empréstimo, que eu cá não me importo.

Secções: , ,

18
Ago 10
publicado por brmf, às 19:32link do post | comentar

Visita ao Centro Nacional de Fotografia, no edifício da Ex-Cadeia da Relação, em frente ao jardim da Cordoaria, no Porto, para ver a exposição “RESISTÊNCIA. Da alternativa Republicana à luta contra a Ditadura (1891-1974)”. É um passeio pela história contemporânea portuguesa, com fotografias e relatos muito interessantes. É uma forma de conhecer o caminho que nos levou à implantação da República bem como o seu decurso até ao regime democrático implantado em 74. A visitar, sem dúvida.

 

[no âmbito das comemorações do Centenário da República; em exposição até 5 de Outubro]


16
Ago 10
publicado por brmf, às 13:00link do post | comentar

 

Esta imagem foi recolhida durante o jogo entre o Rio Ave e o Nacional, em Vila do Conde. Para os mais desatentos, registe-se que o Nacional é o próximo adversário do Benfica no campeonato. Registe-se ainda a conversa entre o “quem me dera ser o Mourinho” e o “senhor com cara de agente da máfia da Madeira”. O Fóculporto este ano investiu forte. Em todos os tabuleiros. No campo, na secretaria e nos adversários. Não deixou nada ao acaso. O regresso à “normalidade”.

___

ricochete

Secções: , ,

o docontra e eu
Sempre a par
pesquisar neste blog
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17

22
26
27
28

29
31


comentários recentes
<br />O grupo Maria Isco fornece ajuda para ...
Meus amigos lá é uma nova maneira de se tornar mui...
Nós somos um fornecedor de empréstimos de dinheiro...
links
subscrever feeds