24
Fev 06
publicado por brmf, às 18:18link do post | comentar

"Em 1919 o primeiro-ministro britânico, Lloyd George, anunciava, com visível pesar, que se as tropas do seu país abandonassem o Iraque este ficaria entregue à anarquia e à guerra civil.


Tantos anos depois os americanos dizem a mesma coisa. A invasão do Iraque revela-se hoje, transparentemente, como um dos maiores erros políticos do Ocidente nos últimos anos.


A substituição de um ditador, Saddam Hussein, por uma carnificina sem fim visível e um Estado sinistro por uma anarquia, é o legado de George W. Bush e de Tony Blair ao mundo. Em vez de criarem a democracia incendiaram o ódio entre sunitas e xiitas e de todos estes contra o que se pareça com o Ocidente.


O discurso sobre o diálogo do Ocidente com o Islão está definitivamente minado. O Ocidente deixou de saber conciliar os interesses estratégicos com a democracia e com a liberdade de imprensa.


E quando quis impor sistemas democráticos a países que não têm uma unidade definida, a asneira tornou-se sangrenta.


Após os atentados a um dos locais santos dos xiitas no Iraque dificilmente as centenas de milhares de soldados ocidentais conseguirão apagar todos os fogos que irão incendiar o país. E o maior dilema é saber como os EUA, sequiosos de petróleo, sairão do pântano de nafta que criaram. "


(Fonte: Jornal Negócios - não é habitual trancrever os artigos completos, mas no caso, concordo com cada linha escrita)


o docontra e eu
Sempre a par
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
17
18

19
25

26
28


comentários recentes
Mettiamo a vostra disposizione un prestito da 1000...
<br />O grupo Maria Isco fornece ajuda para ...
Meus amigos lá é uma nova maneira de se tornar mui...
links